Disciplinas > Requisitos > Conceitos > Tipos de Requisitos

Mais Informações: Conceitos: Requisitos
Conceitos: Gerenciamento de Requisitos
Conceitos: Rastreabilidade
Artigo: Applying Requirements Management with Use Cases

Tradicionalmente, os requisitos são vistos como declarações de texto que se encaixam em uma das categorias mencionadas em Conceitos: Requisitos. Cada requisito define "uma condição ou uma capacidade com a qual o sistema deve estar de acordo".

Para realizar um gerenciamento de requisitos eficiente, nós aprendemos que isso ajuda estender o que mantemos como requisitos somente além dos "requisitos de software" detalhados. Introduzimos a noção de tipos de requisitos para ajudar a separar os diversos níveis de abstração e finalidades dos nossos requisitos. 

Convém controlarmos "desejos" ambíguos, bem como solicitações formais, dos principais envolvidos para verificarmos se sabemos como eles estão sendo cuidados. O documento de visão nos ajuda a controlar as principais "necessidades do usuário" e as "características" do sistema. O modelo de casos de uso é um modo eficiente de expressar os "requisitos de software" funcionais e detalhados, portanto, os casos de uso talvez precisem ser rastreados e mantidos como requisitos, bem como talvez declarações isoladas dentro das propriedades que definem as "condições ou capacidades com as quais o sistema deve estar de acordo". As Especificações Suplementares podem conter outros "requisitos de software", como restrições de design ou requisitos jurídicos ou reguladores do nosso sistema. Para obter uma definição completa dos requisitos de software, os casos de uso e as Especificações Suplementares podem ser reunidos para definir uma Especificação de Requisitos de Software (SRS) para uma "característica" particular ou outros agrupamentos de subsistemas.

Quanto maior e mais confuso o sistema desenvolvido, mais expressões ou tipos de requisitos aparecerão e maior será o volume de requisitos. Declarações de "regras de negócios" e de "visão" para um projeto levam às "necessidades do usuário", às "características" ou a outros "requisitos do produto". Casos de uso ou outras formas de modelagem e outras Especificações Suplementares conduzem os requisitos de design, que podem ser decompostos em "requisitos de software" funcionais e não funcionais representados em diagramas e modelos de análise e design.



Copyright  (c) 1987 - 2001 Rational Software Corporation


Exibir o Rational Unified Process usando quadros

Rational Unified Process