Disciplinas > Requisitos > Conceitos > Requisitos

Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas em:

Um requisito é definido como "uma condição ou uma capacidade com a qual o sistema deve estar de acordo".

Existem vários tipos de requisitos. Um modo de categorizá-los é descrito como o modelo FURPS+ [GRA92], usando o acrônimo FURPS para descrever as principais categorias de requisitos com subcategorias como é mostrado abaixo.

O "+" em FURPS+ é para lembrá-lo de incluir requisitos como:

(Consulte também [IEEE Std 610.12.1990].)

Os requisitos funcionais especificam ações que um sistema deve ser capaz de executar, sem levar em consideração restrições físicas. Geralmente, isso é melhor descrito em um modelo de casos de uso e em casos de uso. Os requisitos funcionais especificam, portanto, o comportamento de entrada e saída de um sistema.

Os requisitos que não são funcionais, como os listados abaixo, às vezes são chamados de requisitos não funcionais. Vários requisitos não são funcionais e descrevem apenas atributos do sistema ou atributos do ambiente do sistema. Embora alguns deles possam ser capturados em casos de uso, aqueles que não puderem talvez estejam especificados em Especificações Suplementares. Os requisitos não funcionais são aqueles que dizem respeito a questões como as descritas abaixo.

Uma definição completa dos requisitos do software, dos casos de uso e das Especificações Suplementares pode ser reunida para definir uma Especificação de Requisitos de Software (SRS) para uma "característica" particular ou outros agrupamentos de subsistemas.

Funcionalidade Início da página

Os requisitos funcionais podem incluir:

  • conjuntos de recursos
  • habilidades
  • segurança

Usabilidade Início da página

Os requisitos de usabilidade podem incluir subcategorias como:

Confiabilidade Início da página

Os requisitos de confiabilidade a serem considerados são:

  • freqüência e gravidade de falha
  • possibilidade de recuperação
  • possibilidade de previsão
  • exatidão
  • tempo médio entre falhas (MTBF)

Desempenho Início da página

Um requisito de desempenho impõe condições aos requisitos funcionais. Por exemplo, para uma determinada ação, ele pode especificar parâmetros de desempenho para:

  • velocidade
  • eficiência
  • disponibilidade
  • exatidão
  • taxa de transferência
  • tempo de resposta
  • tempo de recuperação
  • uso de recurso

Suportabilidade Início da página

Os requisitos de suporte podem incluir:

  • possibilidade de teste
  • extensibilidade/li>
  • adaptabilidade
  • manutenibilidade
  • compatibilidade
  • possibilidade de configuração
  • possibilidade de serviço
  • possibilidade de instalação
  • possibilidade de localização (internacionalização)

Requisito de Design Início da página

Um requisito de design, freqüentemente chamado de uma restrição de design, especifica ou restringe o design de um sistema.

Requisito de Implementação Início da página

Um requisito de implementação especifica ou restringe o código ou a construção de um sistema. Como exemplos, podemos citar:

  • padrões obrigatórios
  • linguagens de implementação
  • políticas de integridade de banco de dados
  • limites de recursos
  • ambientes operacionais

Requisito de Interface Início da página

Um requisito de interface especifica:

  • um item externo com o qual o sistema deve interagir
  • restrições de formatos, tempos ou outros fatores usados por tal interação

Requisito Físico Início da página

Um requisito físico especifica uma característica física que um sistema deve possuir, por exemplo,

  • material
  • forma
  • tamanho
  • peso

Esse tipo de requisito pode ser usado para representar requisitos de hardware, como as configurações físicas de rede obrigatórias.


Copyright  © 1987 - 2001 Rational Software Corporation


Exibir o Rational Unified Process usando quadros

Rational Unified Process