Artefatos > Conjunto de Artefatos de Requisitos > {Mais Artefatos de Requisitos} > Especificação de Requisitos de Software


Especificação
de Requisitos
do Software
A Especificação de Requisitos de Software (SRS) captura todos os requisitos de software para o sistema ou para uma parte do sistema. Quando uma modelagem de casos de uso é utilizada, este artefato consiste em um pacote contendo casos de uso do modelo de casos de uso e Especificações Suplementares aplicáveis.
Papel: Especificador de Requisitos
Templates:
Mentores de Ferramentas:
Mais informações:

Entrada para Atividades: Saída de Atividades:

Finalidade Início da página

A Especificação de Requisitos de Software (SRS) concentra-se na coleta e na organização de todos os requisitos que envolvem o projeto. Consulte o Plano de Gerenciamento de Requisitos para determinar a localização e a organização corretas dos requisitos. Por exemplo, talvez seja desejável ter uma SRS para descrever todos os requisitos de software para cada característica de um determinado release do produto. Isso pode incluir vários casos de uso do modelo de casos de uso do sistema para descrever os requisitos funcionais dessa característica, juntamente com o conjunto relevante de requisitos detalhados em Especificações Suplementares.

A Especificação de Requisitos de Software é usada para coletar requisitos de software de seu projeto em um documento formal, do tipo IEEE 830, representado por uma construção de "pacote" em UML.  Dois templates de exemplo de SRS são fornecidos:  um para ser usado *com* a modelagem de casos de uso (rup_srsuc.dot) e outro para ser usado *sem* a modelagem de casos de uso (rup_srs.dot).  O primeiro (rup_srsuc.dot) faz referência, ou inclui, estes artefatos de modelo de casos de uso:  o relatório sintético de modelo de casos de uso, os relatórios de casos de uso e as especificações suplementares.  Esse procedimento permite que você tenha uma SRS formal compatível com o IEEE sem a necessidade de duplicar as informações nesses três outros artefatos.

O segundo (rup_srs.dot) é um documento independente que contém *todos* os requisitos de software diretamente no documento.  Esse documento precisaria que fosse aplicada a rastreabilidade aos requisitos de artefato de caso de uso caso eles fossem utilizados.  Tecnicamente, ambos contêm as mesmas informações. Entretanto, as informações contidas no modelo de casos de uso são incluídas por referência (em vez de serem duplicadas) no primeiro e são totalmente duplicadas (se estiverem usando casos de uso) no segundo, exigindo um esforço muito maior para manter os relacionamentos de rastreabilidade.

Como você pode se deparar com diferentes ferramentas para coletar esses requisitos, é importante entender que a coleta dos requisitos pode ser feita com vários e diferentes artefatos e ferramentas. Por exemplo, talvez você ache adequado coletar requisitos textuais, como requisitos não funcionais, Restrições de Design etc., com uma ferramenta de documentação de texto nas Especificações Suplementares. Por outro lado, talvez você ache útil coletar alguns (ou todos os) requisitos funcionais nos casos de uso e ache prático usar uma ferramenta adequada às necessidades de definição do modelo de casos de uso. Por esse motivo, coletaremos os requisitos para a nossa SRS em um pacote que pode consistir em um único documento ou em um conjunto de diversos artefatos que descrevem os requisitos. (Consulte: Diretrizes: Especificação de Requisitos de Software)

O pacote SRS controla a evolução do sistema em toda a fase de desenvolvimento do projeto; quando novos recursos são adicionados ou modificados no documento de Visão, eles são elaborados dentro desse pacote. A Especificação de Requisitos de Software é usada por estas pessoas:

Breve Resumo Início da página" border="0" width="26" height="20">

A Especificação de Requisitos de Software (SRS) captura todos os requisitos de software para o sistema ou para uma parte do sistema. O esquema de SRS a seguir é típico de um projeto que utiliza modelagem de casos de uso. Esse artefato consiste em um pacote contendo casos de uso do modelo de casos de uso e Especificações Suplementares aplicáveis, além de outras informações de suporte. Para obter um template de uma SRS que não utiliza a modelagem de casos de uso e captura todos os requisitos em um único documento, com seções aplicáveis inseridas das Especificações Suplementares (que não serão mais necessárias), consulte o template em HTML de uma SRS sem casos de uso.

Várias organizações diferentes de uma SRS são possíveis. Consulte o [IEEE830-1998] para obter uma descrição mais detalhada dessas explicações, bem como outras opções para a organização da SRS.

Artefatos Incluídos (Relatórios) Início da página

Ocorrência Início da página

As Especificações de Requisitos de Software estão intimamente relacionadas com os casos de uso e com as Especificações Suplementares, desde que:

  • Tenham sido consideradas inicialmente na fase de iniciação, como um complemento para definir o escopo do sistema.
  • Tenham sido refinadas de modo incremental durante as fases de elaboração e construção.

Responsabilidade Início da página

O especificador de requisitos é responsável pela produção do pacote de Especificação de Requisitos de Software (SRS), considerado um complemento importante do modelo de casos de uso. O Pacote SRS coleta as Especificações Suplementares aplicáveis e os casos de uso do modelo de casos de uso que, juntos, capturam um conjunto completo de requisitos no sistema ou em um subsistema definido.

Adaptação Início da página

Várias organizações diferentes de uma SRS são possíveis. Consulte o [IEEE93] para obter uma descrição mais detalhada dessas explicações, bem como outras opções para a organização da SRS.



Copyright  (c) 1987 - 2001 Rational Software Corporation


Exibir o Rational Unified Process usando quadros

Rational Unified Process