Voltar
07 jul. 2020
"O Amor Contagia"

“O Amor Contagia” faz doação para trabalhadores rurais de Guaraqueçaba

A campanha “O Amor Contagia” realizou a doação de cestas básicas, materiais de limpeza e kits de higiene pessoal à 281 famílias de Guaraqueçaba, cidade do litoral paranaense. Os produtos foram entregues nos dias 12 e 15 de junho. O projeto é uma iniciativa de interesse público que, por meio da FUNPAR, faz a gestão dos recursos das doações financeiras recebidas de empresas, instituições públicas e pessoas físicas.

Os beneficiados são trabalhadores rurais de 11 comunidades do município que sofrem com o impacto financeiro causado pela COVID-19, pois dependem diretamente da comercialização do que produzem e vendem às fábricas da região, que estão com as atividades de produção paralisadas desde o início da pandemia. Outra característica que foi levada em consideração para a seleção das famílias é de que nenhuma delas recebeu o auxílio emergencial de apoio econômico do Governo Federal e Estadual.

O mapeamento dos beneficiados pelas doações foi possível devido a ação conjunta entre a Universidade Federal do Paraná (UPFR) – por meio do Setor de Ciências da Terra –, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a prefeitura de Guaraqueçaba. Segundo o vice-diretor do Setor de Ciências da Terra da UFPR, professor Eduardo Vedor de Paula, para desenvolver a lista de priorizações foram usadas informações socioeconômicas de Guaraqueçaba e do seu entorno, desenvolvidas pela cooperação firmada entre a Universidade e o ICMBio, completadas com dados da prefeitura municipal, que identificou as pessoas que não foram atendidas por nenhum dos programas de apoio econômico disponíveis neste momento.

“Todo o processo durou cerca de 20 dias, entre a identificação das famílias, formalização do processo junto ao fundo gerido pela FUNPAR e aquisição das cestas básicas para doação”, explicou Eduardo Vedor. Segundo ele, foram adotadas medidas preventivas para evitar a contaminação da comunidade local pelo novo coronavírus. “Para que nós, de Curitiba, não atuássemos como vetores de transmissão da COVID-19, definimos um ponto de entrega em Antonina e com a ajuda de um caminhão, da Prefeitura de Guaraqueçaba, foi realizada a coleta das doações e sua posterior distribuição”, completou Vedor.

A iniciativa contou também com o apoio do Ministério Público do Paraná, por meio do Gaema – Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo, núcleo de Paranaguá. “Ações e contribuições como esta são fundamentais para que os recursos sejam canalizados de forma adequada e atendam áreas vulneráveis, de difícil acesso, como é o caso de Guaraqueçaba”, afirmou a coordenadora administrativa do Gaema Paranaguá, Priscila da Mata Cavalcante. Em carta oficial, a prefeitura agradeceu a iniciativa do projeto. “Esta ação solidária demonstra sensibilidade diante da pandemia que estamos enfrentando”, reconheceu a secretária municipal de Assistência Social de Guaraqueçaba, Carla Sarubbi. “As doações foram muito importantes e bem-vindas, principalmente porque atenderam 281 famílias que estão completamente sem renda no momento”, concluiu Sarubbi.

PROJETO “O AMOR CONTAGIA” – O projeto surgiu da união de esforços de importantes instituições do Paraná. Juntamente com a FUNPAR e UFPR, a iniciativa também reúne Promotorias de Justiça do Ministério Público; Ministério Público do Trabalho; Comissão do Terceiro Setor da OAB-PR; Instituto GRPCOM; grandes instituições de ensino, como o Grupo Marista; Instituto Positivo; PUCPR; e outras fundações e associações da sociedade civil organizada com sede no Estado.

Qualquer cidadão pode participar do projeto. Faça sua doação e ajude a espalhar o amor.  Você doa, desafia outra pessoa a doar. Ela doa e desafia outra pessoa. Assim, o projeto segue espalhando amor e solidariedade. Nesta trajetória, já foram arrecadados mais de R$ 4 milhões para demandas emergenciais nas áreas de saúde e assistência social.


Viralize o bem. Doe! Saiba como em: http://www.funpar.ufpr.br/oamorcontagia