Voltar
21 mar. 2017
Funpar

Nova Diretoria FUNPAR é apresentada à comunidade acadêmica

Na manhã desta terça-feira (21/03), foi realizado o evento de apresentação da nova Diretoria FUNPAR. A nova gestão é composta pelo Superintendente, Prof. Dr. João da Silva Dias, e pelo Diretor de Administração e Finanças, Dr. Enio Fabricio Ostrovski Ponczek. A cerimônia contou com a presença do Reitor da Universidade Federal do Paraná, Professor Doutor Ricardo Marcelo Fonseca e da Vice-reitora, Professora Doutora Graciela Inês Bolzón de Muniz. Em discurso, o reitor destacou o apoio da FUNPAR aos projetos desenvolvidos pela UFPR e afirmou que fortalecer a fundação de apoio é garantir o futuro da Universidade Federal do Paraná.

Segundo a vice-reitora, professora doutora Graciela, a Funpar atua com agilidade, colaborando para a execução de vários projetos da universidade.

O novo Diretor Superintendente da FUNPAR, professor Doutor João da Silva Dias reforçou a importância da fundação de apoio como o braço ágil na interlocução da universidade com o setor produtivo.

Ele também relembrou que nos últimos anos a FUNPAR tem investido em novas tecnologias, para aumentar a transparência e eficiência dos projetos gerenciados pela fundação.

O Diretor de Administração e Finanças da FUNPAR, Dr. Enio Fabricio Ostrovski Ponczek, colaborador com 23 anos de FUNPAR, reforçou que uma das metas desta diretoria é trabalhar dialogando permanentemente com a atual gestão da UFPR, prezando pela qualidade e agilidade na execução dos projetos, estreitando laços com os departamentos da universidade.

CONFIES – Também presente ao evento, o professor Doutor Fernando Peregrino, presidente do Conselho Nacional das Fundações de Apoio (CONFIES) e presidente da Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a COPPETEC. Ele destacou o importante papel que as fundações de apoio têm no desenvolvimento cientifico e tecnológico do Brasil, movimentando anualmente cerca de R$ 6,2 bilhões em projetos.

Peregrino também relatou que 80% das pesquisas desenvolvidas nas universidades públicas são gerenciadas pelas fundações de apoio. Segundo ele, a burocracia é um dos entraves ao desenvolvimento cientifico e tecnológico do país. Nos últimos meses, o CONFIES tem trabalhado em uma proposta de projeto de regulamentação para os órgãos de fiscalização, com o objetivo de reduzir as amarras burocráticas que atrapalham as pesquisas realizadas no Brasil.

A FUNPAR também participa da diretoria do CONFIES e é uma das fundações mais ativas na elaboração desta proposta de redução da burocracia na gestão das pesquisas cientificas.

Fonte: UNIFM